Destaque da semana: Javier Bardem

Javier Bardem é um conhecido e premiado ator espanhol. Nasceu no dia 1º de março de 1969 em Las Palmas de Gran Canária. Vem de uma família de artistas de cinema. É casado com a também atriz Penélope Cruz, com quem teve um filho há algumas semanas. No último domingo, Bardem foi agraciado pela quarta vez com o Goya (maior premiação de cinema da Espanha) de melhor ator por Biutiful. Abaixo, seus principais filmes:

1991 – De Salto Alto (Tacones Lejanos)
Primeiro trabalho com Pedro Almodóvar.

1992 – Jamón, jamón
Aqui, contracena pela primeira vez com Penélope Cruz nessa comédia romântica de Bigas Luna, que revelou ambos.

1995 – Boca a Boca
Outra comédia romântica. Ganhou o primeiro Goya de ator.

1997 – Carne Trêmula (Carne Trémula)
Alguns anos depois, volta a trabalhar com Almodóvar e Penélope, por consequência.

2000 – Antes do Anoitecer (Before Night Falls)
Baseado no livro autobiográfico de Reinaldo Arenas, em que interpreta o próprio. Um de seus melhores trabalhos. Rendeu a primeira indicação ao Oscar/Globo de Ouro de melhor ator.

2002 – Segunda Feira ao Sol (Los Lunes al Sol)
Drama de Fernando León de Aranoa. O filme foi o grande vencedor do Goya de 2003, recebendo cinco prêmios, dentre eles ator para Bardem.

2004 – Mar Adentro
Neste drama biográfico dirigido pelo chileno Alejandro Amenábar, Bardem vive Ramon Sampedro, um homem que ficou tetraplégico e que lutou por mais de 28 anos pela própria morte. É o seu trabalho mais denso e comovente, que foi simplesmente ignorado pela Academia. Ao menos recebeu o terceiro Goya de melhor ator, o segundo Veneza (Antes do Anoitecer) e foi nomeado ao Globo.

2007 – Onde os Fracos Não Têm Vez (No Country For Old Men)
Dos irmãos Coen, interpretou um dos assassinos mais frios da história do cinema. Por essa atuação, recebeu Oscar, Globo de Ouro e Bafta de coadjuvante.

O Amor nos Tempos do Cólera (Love in the Time of Cholera)
Adaptação da obra homônima de Gabriel García Márquez. Aqui, Javier Bardem vive Florentino, mocinho da história e filho de Tránzito Ariza, interpretada pela nossa Fernanda Montenegro.

2008 – Vicky Cristina Barcelona
Comédia de Woody Allen. Desta vez é Penélope quem recebe Oscar e Bafta de melhor coadjuvante.

2010 – Biutiful
Drama de Alejandro González Iñárritu e que lhe rendeu a segunda nomeação ao Oscar de melhor ator. Também ganhou Cannes.

Comer, Rezar, Amar (Eat Pray Love)
Romance em que fez par com Julia Roberts e não deu certo.

Outros filmes:
Las edades de Lulú (1990); Amo tu cama rica (1992); O amante bilíngue (1993); Huídos (idem); Ovos de Ouro (idem); Dias Contados (1994); El detective y la muerte (idem); Éxtasis (1996); Más que amor, frenesí (idem); O Amor Prejudica Seriamente à Saúde (idem); Airbag (1997); Perdita Durango (idem); Entre as pernas (1999); Guerrilha sem face (2002); Collateral (2004); O Fantasma de Goya (2006).

Anúncios

3 respostas em “Destaque da semana: Javier Bardem

  1. Desses, apesar de achar incrível sua atuação em Mar Adentro, minha favorita atuação do Bardem é em Onde Os Fracos Não Têm Vez. Também gosto dele bastante ao lado da Penelope, tanto em Carne Trêmula, melhor pra ele, quanto em Vicky Cristina Barcelona, melhor pra ela. Dos que vi, sua pior performance foi em Comer, Rezar, Amar de longe até, mas mais por culpa do seu personagem, o mais fraco que já o vi interpretando.

  2. Também gostei muito da atuação dele em Onde os Fracos Não Têm Vez. Aquele filme foi dele, realmente, tomou conta. Mas, ainda sim, penso que o que ele fez em Mar Adentro foi arrebatador, até agora o seu melhor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s